Sine/AL proporciona quadro estável de empregabilidade em Alagoas

Visando melhorias para os trabalhadores, Sine/AL tem auxiliado o vínculo empresa x empregado, facilitando o acesso ao mercado de trabalho

 183667_ext_arquivo

Diante da crise pela qual passa o país, vários estabelecimentos recorrem à redução do quadro de trabalhadores ou, por muitas vezes, fecham suas portas. Para enfrentar esse quadro preocupante, o Sistema Nacional de Empregos de Alagoas (Sine/AL) disponibiliza vagas em diversos setores, além de oferecer suporte para a qualificação de reintegração e para o acesso ao primeiro emprego em todo o Estado.

Ao divulgar uma oferta de emprego, o empregador solicita um perfil profissional, exigindo, na maioria das vezes, a qualificação do empregado, o que o mercado de trabalho nem sempre tem condições de oferecer.

Enquanto essa história se repete em vários estados, Alagoas se destaca por possuir um quadro empregatício estabilizado, com o Sine instalado em diversos municípios e na capital metropolitana, estabelecendo não só o vínculo entre empresa e empregado como, também, garantindo a qualificação profissional do trabalhador.

Em Alagoas, o Sine se tornou um grande intermediador de mão de obra, gerando oportunidades de emprego em diversos setores. O órgão entra em contato com as empresas e, ao mesmo tempo, realiza o cadastro diário de dezenas de trabalhadores disponíveis no mercado. O cadastro permanece ativo durante três meses.

O secretário de Estado do Trabalho e Emprego, Joaquim Brito, comentou o serviço de captação de vagas realizado pelo Sine/AL e ressaltou novos programas que serão projetados para a população alagoana.

“Vários serviços que são proporcionados pelo Sine hoje são voltados, especialmente, para pessoas que buscam o conhecimento, que procuram uma melhoria de vida. Geralmente, são oferecidas vagas e qualificação profissional” relatou o secretário. A divulgação é feita por meio de redes sociais, rádio e TV. Os postos do Sine/AL chegam a um total de 18 postos espalhados no Estado, sendo 5 na capital e 13 no interior.

No Sine Jaraguá, situado na capital metropolitana, são realizados, em média, entre 200 e 250 atendimentos por dia. Cadastro, consulta de vagas, seguro desemprego e emissão de Carteira de Trabalho são alguns dos serviços disponíveis. Oficinas preparatórias para o primeiro emprego e de reintegração ao mercado de trabalho são ofertadas toda semana nos postos distribuídos em todo o Estado.

Maynara Rocha – Agência Maceió