Setrand e Gabinete Civil se unem para ação conjunta nas grotas de Maceió

8e0b77fbc9ff40024476dada4337e4e5_L
Primeira contemplada será a Grota do Pau D’Arco, que abriga atualmente mais de 16 mil habitantesAscom/Setrand.

O bem-estar social da população que reside em áreas carentes da capital alagoana também é prioridade para o Governo do Estado. Em busca de uma nova Alagoas, mais justa e solidária, equipes da Secretaria de Transporte e Desenvolvimento Urbano (Setrand) e do Gabinete Civil visitaram a Grota do Pau D’Arco nesta sexta-feira (20), para realizar uma visita técnica para alinhamento de ações sociais e de mobilidade urbana que acontecem ainda este mês.

A primeira contemplada será a Grota do Pau D’Arco, que abriga atualmente mais de 16 mil habitantes.  A Setrand, como responsável pela promoção de meios de mobilidade, fica encarregada pela execução do programa Pequenas Obras, Grandes Mudanças, com a construção de escadarias drenantes, pontilhões e passeios em todas as grotas de Maceió.

Para Alcides Tenório, secretário executivo de Transporte e Desenvolvimento Urbano, o sucesso do programa está garantido pela maneira com a qual ele vem sendo conduzido.

 0520setrand

“O início se deu com a participação efetiva dos líderes comunitários, junto com equipes técnicas do Governo do Estado, levantando as demandas in loco. Dessa forma,  o objeto final de todas as ações que serão promovidas será muito fiel às necessidades dos moradores que hoje residem nessas comunidades”,  destacou Tenório.

Além dos serviços de engenharia, promovidos pela Setrand,  serviços como a emissão da primeira via de RG, por meio do Instituto de Identificação, e serviços de saúde, como verificação de pressão e glicose, serão viabilizados pelo Gabinete Civil.

Para Adrualdo Catão, secretário executivo de Integração Política e Social, a interação entre Gabinete Civil e Setrand será fundamental para a melhoria do bem-estar da comunidade.

“O Gabinete Civil está sempre promovendo a integração entre os órgãos do governo para possibilitar que os recursos dos contribuintes sejam utilizados nas suas prioridades. Muitas vezes, pequenas intervenções em infraestrutura e mobilidade provocam uma mudança substancial na vida das pessoas, permitindo que seu dia a dia fique mais confortável e produtivo”, concluiu o secretário.

Manuela Mattos – Agência Alagoas