“Se não fosse ele, meu filho não estaria mais aqui”, diz mãe de Santiago

Mãe e tio visitam Corpo de Bombeiros para agradecer salvamento do garoto, vítima de um choque elétrico

subcomandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel BM Paulo Marques, recebeu os agradecimentos da família ao sargento.
subcomandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel BM Paulo Marques, recebeu os agradecimentos da família ao sargento.
Uma das maiores orientações dada pelos adultos para as crianças é que não brinquem com eletricidade para não levar um choque. E foi numa brincadeira como essa que Santiago Batista dos Santos, de 9 anos, levou uma descarga elétrica e quase perdeu a vida.

0603_CHOQUE2

Agradecida e muito emocionada por ainda ter seu filho em seus braços, Sirleide dos Santos visitou o Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas para agradecer o trabalho de um bombeiro militar que estava passando no local, viu a movimentação nas redondezas e o desespero da mãe e não mediu esforços para ajudar.

O militar é o sargento BM Clezivaldo, bombeiro desde 1994 e que tem vasta experiência em trabalhar com crianças, pois esteve à frente do núcleo do projeto Bombeiro Mirim do Pontal da Barra e sabe bem o quanto eles gostam de explorar o que é perigoso e o que os adultos proíbem.

Mãe, tio e Santiago foram recebidos pelo subcomandante-geral da corporação, coronel BM Paulo Marques, e escutou satisfeito os agradecimentos da família, que não conseguiu conter a emoção. Leia abaixo a carta de agradecimento do tio de Santiago, Cleodor Rocha:

“Ao Corpo de Bombeiros Militar

Era aproximadamente 19h quando a mãe do menor Santiago Batista dos Santos saiu desesperadamente correndo e pedindo socorro para alguém que passasse na rua. As pessoas ficaram bastante assustadas com o ocorrido, mas não tiveram atitude nenhuma para ajudar a mesma. Foi quando o sargento Clezivaldo, do Corpo de Bombeiros Militar, que ia passando no local à paisana, correu e procurou saber o que estava se passando. Logo, a mãe do garoto relatou para o sargento que seu filho estava deitado no chão já quase sem vida, porque tinha sofrido uma descarga elétrica.

O profissional na hora não demorou e fez uma ação brilhante, realizando os primeiros socorros e salvando o garoto. Logo, orientou para a mãe do garoto, Sirleide dos Santos, procurar o centro de emergência médica urgentemente.

Agradeço ao Corpo de Bombeiros Militar e ao sargento Clezivaldo pela ação brilhante que tomou.

Desde já, agradeço em nome da senhora Sirleide dos Santos, mãe do menor; eu, tio.

Adianto-vos ainda que o ocorrido foi no bairro do Pontal da Barra.

 

Maceió AL, 30 de 05 de 2016

Cleodor Cavalcante Rocha”

Segundo relatos da mãe e do tio durante a visita, o filho ainda chegou a entrar em parada cardiorrespiratória e, graças aos procedimentos do sargento, foi reanimado.

Santiago também se emocionou, e escutou as orientações do subcomandante da corporação com atenção para não brincar com eletricidade e nem com outros utensílios perigosos.

Santiago é muito tímido, quieto, e a mãe contou que depois que ele estava bem, já no hospital, ele disse que morreu, mas Deus falou que ele tinha que voltar para cuidar de sua mãe. E agora ele quer ser bombeiro, porque também quer ser um herói.

????????????????????????????????????

Stephany Domingos – Agência Alagoas