Projeto oferece vagas para capacitação profissional

projeto-mulheres-maos-a-obra-1024x466
Projeto beneficia mulheres com capacitação profissional.

Fruto do convênio entre a Prefeitura de Maceió, por meio da Secretaria Municipal de Trabalho, Abastecimento e Economia Solidária (Semtabes), e a Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República (SPM-PR), o Projeto Mulheres Mãos à Obra segue em sua segunda etapa e está com vagas disponíveis para cursos de capacitação em Informática, Turismo e Construção Civil, setores que estão em expansão na região do litoral norte do Município.

Ao todo são 220 vagas distribuídas entre os cursos de eletricista, pintora, encanadora, informática, auxiliar de cozinha, garçonete, pizzaiola, bartender e camareira. O preenchimento dessas vagas terá início nesta terça-feira (24) e seguirá até o dia 31 de maio. As interessadas devem comparecer à Diretoria de Empreendedorismo, que fica no 2º andar da Semtabes, para realizar a inscrição no projeto portando a documentação original e cópia do RG, CPF e comprovante de residência.

Serão beneficiadas as mulheres a partir dos 18 anos, de baixa renda e que estejam em situação de vulnerabilidade econômica e social, residentes nos bairros de Cruz das Almas, Jacarecica, Guaxuma, Garça Torta, Riacho Doce, Pescaria e Ipioca.

O Mulheres Mãos à Obra estimula o uso da mão de obra local como uma forma de alavancar o desenvolvimento no litoral norte, que atualmente passa por um processo de expansão urbana. O objetivo é incentivar o empreendedorismo feminino na região e proporcionar novas oportunidades de geração de trabalho, emprego e renda, seja pelo ingresso no mercado de trabalho, seja pelo apoio àquelas mulheres, que têm vocação para o empreendedorismo.

Após as ações de capacitações, as mulheres receberão o apoio do Sine da Prefeitura para inserção no mercado trabalho assim como o apoio para as iniciativas de vendas e comercialização dos produtos como uma forma de oferecer novas alternativas de geração de renda para as famílias e estimular o empreendedorismo individual e coletivo.

Sara Thalassa – Ascom Semtabes