Projeto de larvicida natural ​representa Alagoas em exposição científica

Estudo é desenvolvido por alunas da Escola Izaura Antônia de Lisboa, de Arapiraca; Expo Milset acontece em Fortaleza de 17 a 21 deste mês

03eccef84bd77debe9e55a7aba6f9d2a_L
Experiência alagoana pode servir de referência para o mundo. Foto: Valdir Rocha

O projeto de larvicida natural à base de melão São Caetano e alecrim para controle do mosquito Aedes aegypti, da Escola Estadual Professora Izaura Antonia de Lisboa, de Arapiraca, será o único representante alagoano na Expo Milset Brasil, mostra científica internacional que reunirá 128 trabalhos científicos em Fortaleza, Ceará, de 17 a 21 deste mês.

Desenvolvido pelas estudantes Clarice Soares e Vitória Queiroz sob a orientação da professora Nadja Alves Souza, o projeto participará na categoria ciências biológicas.

A exposição científica, que será realizada no auditório da assembleia legislativa cearense, contará ainda com projetos científicos nas seguintes áreas:computação, agrárias, saúde, exatas e da terra, humanas, sociais e aplicadas, engenharias, meio ambiente e gestão ambiental.

Saúde – A professora Nadja conta que a pesquisa teve início em outubro do ano passado em virtude do grande número de pessoas acometidas por doenças causadas pelo mosquito Aedes aegypti em Arapiraca e municípios vizinhos. A partir do larvicida, o grupo criou também um repelente natural contra o inseto que, em fevereiro deste ano, foi apresentado ao governador Renan Filho durante a mobilização do Dia Nacional Zika Zero em Arapiraca.

LArvicida_RF

A professora diz que é uma honra e grande responsabilidade representar Alagoas na Milset.

“É muito importante estar presente em um evento do porte da Milset e apresentar as pesquisas que desenvolvemos em nosso estado. As meninas estão ansiosas, pois, pela primeira vez, apresentarão o trabalho fora de Alagoas”, fala Nadja Souza.

Premiação – Os finalistas e orientadores dos projetos classificados em 1°, 2° e 3° lugares de cada área receberão medalhas e certificados. Dentre os projetos internacionais, serão escolhidos e premiados do 1° ao 4° lugar, com a mesma premiação dos nacionais. Os mais pontuados, dentro dos critérios das feiras afiliadas, receberão credenciamento para participarem de feiras nacionais e internacionais.

Alunas_larvicida_int

Movimento – Criado desde 1987, o Movimento Internacional para atividades de lazer em ciência e tecnologia (Milset), organização não governamental ligada à Unesco, foi iniciado no Brasil em 2011, em Fortaleza. O Milset visa a promoção da cultura científica entre jovens através da organização de programas de ciências e tecnologia.

Manuella Nobre – Agência Alagoas