PC prende oito acusados de roubo a banco no interior

coletiva

Tenente coronel Silvestre Soares, delegados Felipe Caldas (Serb) e Ronilson Medeiros (Deic) (Fotos: José Nunes)

A Polícia Civil apresentou na tarde desta sexta-feira, (27), no auditório da sede da Secretária de Segurança Pública, em Maceió, seis homens presos, dos oito localizados e  acusados de integrar uma organização criminosa interestadual, nos estados de Alagoas e Sergipe. Eles são responsáveis por roubo a banco em pelo menos nos municí pios alagoanos de Campo Alegre e Messias, por meio de explosivos, com utilização de carros roubados e arma de fogo.

 Os presos apresentados, durante entrevista coletiva, são Rosilvado Pedrosa de Albuquerque Junho (28), Istael Batista dos Santos (38), Ademar dos Santos Feijó (48) Marcos Antônio de Oliveira (45), Diego César Santos de Lima (28) e Maciel da Silva (26).

 As informações foram divulgadas em entrevista coletiva a jornalistas, concedida pelos delegados Ronilson Medeiros, diretor da Divisão Especial de Investigação e Capturas (Deic) e Felipe Caldas,  da Serb (Seção Especial combate roubo a banco da Deic ), acompanhados pelo tenente coronel da PM, Silvestre Soares.

 As prisões foram realizadas na manha desta sexta-feira, com mandado expedido pela 7ª Vara da Capital de Maceió. Participação da operação integrantes da Policia Rodoviária Federal, do Gecoc (Grupo Especial de Combate ao Crime Organizado), policiais militares do Bope, policiais civis da Deic, Operação Policial Litorânea Integrada (Oplit), da Asfixia e do GPJ 3.

Responsável pelas diligências, o delegado Felipe Caldas detalhou que este esquema criminoso de roubo a banco começou a ser investigado, há dois meses, quando chegou ao conhecimento da Polícia Civil. “Após analisar denúncias de colaboradores e imagens dos roubos, identificamos o modus operandi dos suspeitos e localizamos o grupo”, confirmou.

 O delegado Ronilson Medeiros confirmou que o líder deste grupo é Moisés de Albuquerque, conhecido como ‘Velho’, que se encontra preso em Sergipe, há cerca de menos 30 dias. Ele foi detido pelos policiais do Estado vizinho com explosivos, arma de fogo e munições.

 De acordo os delegados, Rosivaldo Pedrosa, conhecido como ‘Cara de Jaca’, já havia sido preso na Barra de São Miguel dos Campos por furto e Istael Batista por tentativa de furto e receptação, em Maceió e Joaquim Gomes. Diego Cesar por lesão corporal e roubo a estabelecimento comercial.

 Ademar dos Santos, conhecido como ‘Dema’, tem passagem na Polícia Civil por estupro, em Maceió. Sandro Rodrigues, conhecido como ‘Bad Laque’, responde por receptação. Marcos Antônio, conhecido ‘Marcos Cicatriz’, já foi preso pela Polícia Federal por receptação.

mat nunes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *