No Recife, noivos vendem galeto para realizar sonho de casamento

Quando o amor é a base da relação, não há nada que impeça o grande sonho de se casar tornar-se uma realidade. Entre uma conversa e outra, percebemos que além de muito amor, Rosseli França, 30 anos, e Gustavo Breda, 29, têm uma relação de pura sintonia. Sem condições financeiras para realizar o sonho do casamento, os noivos recifenses encontram no galeto uma renda extra voltada – única e exclusivamente – para o grande dia. O Gu’Galetos, também conhecido como “Galeto dos Sonhos“, está localizado na Avenida Norte, no bairro da Encruzilhada, Zona Norte do Recife, e funciona aos sábados, domingos e feriados, das 6h até 15h.
Gugaletos_placa
A venda de frango teve início em novembro de 2015 e, segundo o noivo, a escolha partiu de uma conversa entre amigos. Atualmente, ela está desempregada e ele estuda contabilidade. “Como não tínhamos condições financeiras de pagar tudo que um casamento precisa, resolvemos buscar outras formas de ganhar dinheiro. Tivemos algumas ideias antes, mas acabou não rolando. Um amigo sugeriu o galeto e eu gostei da ideia”, conta o estudante.
Gugaletos_Gustavo
O investimento inicial girou em torno de R$ 700,00 e todo lucro arrecadado nos fins de semana serve como forma de pagamento dos serviços da festa. “Toda segunda nós fazemos um balanço geral dos lucros e pagamos uma parcela de algum fornecedor. Para comprar o galeto, carvão e temperos usamos parte da bolsa-estágio do Gustavo”, explica Rosseli.
GuGaletos_Noivos
O casamento está estimado em R$ 26 mil. Cada frango custa R$ 14, além disso, os noivos vendem asinha de frango (R$ 0,50/unidade) e linguiça toscana (R$ 2/unidade). Como forma de pagamento, além de dinheiro os noivos aceitam cartão de crédito.

O casal comemora as vendas, que segundo eles, aumentaram de forma gradativa. “Nos primeiros meses nós vendíamos 30 galetos por final de semana. E aí depois passamos a vender 50. Na semana passada, vendemos 105 galetos”, conta a noiva. Ela reforça que muita gente tem contribuído direta e indiretamente para a realização do sonho do casal. “Na última semana nosso decorador Beto Fonseca compartilhou a história no Facebook dele. Foi incrível como as vendas cresceram em menos de duas horas. Quando vi, já tinham umas 30 pessoas aqui”, completou.

O Viral