Ministério da Saúde confirma 65 casos de microcefalia em Alagoas

bebe_com_microcefalia

O Informe Epidemiológico de Microcefalia divulgado nesta quarta-feira (18) pelo Ministério da Saúde confirma 65 casos da doença em Alagoas. De acordo com os dados, 75 ainda estão em investigação e 149 foram descartados.

Os números do Ministério da Saúde são baseado nos levantamentos feitos pelas secretarias estaduais de saúde. Os dados foram coletados até o dia 14 de maio de 2016.

A nível nacional, até o último levantamento, 1.384 casos foram confirmados, 3.332 estão em investigação, enquanto 2.818 foram descartados.

Além do vírus da zika, também são estudados casos de microcefalia ligados a alterações do sistema nervoso central, outras infecções congênitas, sífilis, toxoplasmose, rubéola, citomegalovírus e herpes viral.
O Ministério da Saúde também orienta as gestantes a adotarem medidas que possam reduzir a presença do mosquito Aedes aegypti, com a eliminação de criadouros, e se proteger da exposição de mosquitos, como manter portas e janelas fechadas ou teladas, usar calça e camisa de manga comprida e utilizar repelentes permitidos para gestantes.

G1 AL