Menino que doou cabelo para crianças com câncer é diagnosticado com a doença

meninos cancer

Quando descobriu que pacientes com câncer perdem os cabelos, Vinny Desautels, de sete anos, decidiu deixar seus fios crescerem durante dois anos para doá-los para crianças vítimas da doença.

Segundo o pai do garoto, Jason, a ideia partiu do próprio Vinny, que tinha a intenção de “ajudar as pessoas para que elas não precisem ir aos médicos para lutar contra o câncer”.

Durante o tempo em que seu cabelo crescia, o menino era constatemente confundido com uma menina e ouvia muitas provocações. Ainda assim, segundo o pai, ele não se importava.

Assim que seu cabelo chegou a 33 centímetros, a mãe, Amanda, cortou os fios e os enviou para uma organização não governamental que produz perucas para crianças que perderam os cabelos devido ao tratamento contra a doença.

Um mês depois, no final de abril, o menino começou a sentir dores no quadril e irritação em um dos olhos.

menino cancer com pais

À emissora KTLA5, o pai informou que os médicos descobriram um tumor de tamanho significativo no osso ilíaco (que compõe parte do quadril) e em um osso ao redor do olho direito, atrás do nariz e da bochecha. Embora o tipo de câncer ainda tenha sido identificado, os médicos afirmam que a doença é uma forma agressiva e está no estágio 4.

De acordo com o The Washington Post, o pequeno morador de Roseville, no estado da Califórnia (EUA), começa a fazer quimioterapia nesta terça-feira (10).

No dia 1º de maio, a família do menino criou uma página no site GoFundMe para tentar arrecadar os US$ 100 mil (R$ 352 mil) necessários para o tratamento dele. Até agora, a campanha arrecadou US$ 75 mil (R$ 264 mil).

Fonte: uol