Mais de 40 condutores são autuados por dirigir veículo sob efeito de álcool em Maceió

Flagrantes aconteceram durante saída de pessoas que prestigiavam um show artístico em Maceió

Ao todo, as equipes realizaram 115 autos de infrações por irregularidades de trânsito, nas diversas abordagens que foram feitas, tanto a pessoas quanto aos veículosFotos: BPTran 
Ao todo, as equipes realizaram 115 autos de infrações por irregularidades de trânsito, nas diversas abordagens que foram feitas, tanto a pessoas quanto aos veículosFotos: BPTran

A Operação Lei Seca Detran/PM flagrou, durante a noite de sábado (28) e início da manhã deste domingo (29), 46 motoristas dirigindo sob efeito de álcool, em 264 testes realizados durante blitz na parte alta de Maceió. A ação é executada por agentes do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), do Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran) e contou com o apoio da inteligência do Detran.

Ao todo, as equipes realizaram 115 autos de infrações por irregularidades de trânsito, nas diversas abordagens que foram feitas, tanto a pessoas quanto aos veículos. 35 condutores se recusaram a fazer o exame de alcoolemia, e muitos deles apresentavam sinais claros de embriaguez.

Cinco condutores foram presos por conduzirem veículo sob o efeito de álcool, após flagrantes constatados durante realização do teste do etilômetro, com teor alcoólico que variava entre 0,46 a 0,75 mg/l. Também foram autuados administrativamente seis motoristas com resultados de alcoolemia entre 0,05 a 0.33 mg/l.

0529DETRAN

Ainda de acordo com informações do BPTran, 41 motoristas tiveram a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) recolhida por conduzirem veículo sob o efeito de álcool, ou por estarem com o documento atrasado, entre outras infrações.

O oficial de Operações da Unidade explicou ainda que a habilitação dos condutores flagrados alcoolizados é solicitada, porém, alguns dizem não possuí-la, na ocasião 16 afirmaram que eram inabilitados. 12 motoristas tiveram seus veículos, incluindo carros e motos, removidos para o pátio do Detran.

Wanessa Neves – Agência Alagoas