Fiea e SRTE firmam parceria para inserir jovens no mercado de trabalho

2305SRTE7

O vice-presidente da Federação das Indústrias do Estado de Alagoas (Fiea), industrial José da Silva Nogueira Filho, e o superintendente regional do Trabalho e Emprego em Alagoas, Israel Lessa, assinaram, nesta segunda-feira, 23, um termo de cooperação técnica que visa a ampliar o número de jovens aprendizes nas empresas alagoanas.

O objetivo, explica José Nogueira, é desenvolver, conjuntamente, ações de divulgação, inserção e qualificação profissional de adolescentes e jovens nas empresas por meio da qualificação profissional, que será ofertada pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e o Instituto Euvaldo Lodi (IEL). Conforme Israel Lessa a meta inicial é, até o fim do ano, ampliar de 5 mil para 6 mil o número de jovens aprendizes nas empresas do Estado. Ele diz que o setor produtivo tem capacidade de absorver 12 mil jovens, no total.
A legislação determina que as empresas de médio e grande porte são obrigadas a empregar aprendizes de 14 a 24 anos em seus quadros, que devem representar entre 5% e 15% da força de trabalho. A parceria ajudará as empresas a cumprirem o que está na lei, ao mesmo tempo em que abrirá as portas do mercado de trabalho para o público-alvo.
A assinatura do termo de cooperação entre a Fiea e a SRTE contou com a participação do desembargador do Tribunal Regional do Trabalho Marcelo Vieira, da auditora fiscal do Trabalho Railene Cunha, do advogado Djalma Mendonça Maia Nobre e dos diretores da Federação das Indústrias, empresários Alberto Cabús, Floriano Alves, Francisco Acioli e Wander Lôbo.
Ascom Fiea