Empresa é autuada por armazenamento irregular de metralha

DSC_0583-1024x683
Fiscais constatam armazenamento de metralha. Foto: Ascom/Sempma

Nesta terça-feira (17), agentes de fiscalização da Secretaria Municipal de Proteção ao Meio Ambiente (Sempma) autuaram a empresa de recolhimento de metralha Alô Entulho, no Sítio São Jorge. Notificada anteriormente, a empresa cometeu crime ambiental por acondicionar e armazenar restos de construção civil irregularmente.

“Após monitorar as atividades da empresa, nossa equipe de fiscalização constatou o armazenamento de metralha que deveria seguir para o Centro de Tratamento, no Benedito Bentes. Como não tem sido cumprida essa determinação, a empresa foi autuada”, disse o titular da Sempma, Antonio Moura.

DSC_0582
Metralhas devem seguir para o Centro de Tratamento de Resíduos (CTR), no Benedito Bentes. Foto: Ascom/Sempma

No local, contêineres estavam com restos de galhos e troncos de árvores. Por trás de um galpão, pedaços de tijolos e cobogós (blocos vazados) estavam amontados e misturados. A empresa tem cinco dias para defesa prévia. Vale ressaltar que foram descumpridos quatro artigos do Código Municipal de Proteção ao Meio Ambiente regido pela Lei 4.548/96 que tratam das proibições de condicionamento de resíduos sólidos.

A Sempma pede que a população denuncie qualquer irregularidade em Maceió motivada por crime ambiental pelos números: 3315-4735 e 3315-4736, além do telefone 98752-2044 para denunciar ligações clandestinas de esgoto.

Ascom Sempma