Cinco fatos comprovam que Daniela Mercury é a grande atração de superstar

Dany parece aquela sua amiga efusiva que faz um escândalo por nada, sabe?
Dany parece aquela sua amiga efusiva que faz um escândalo por nada, sabe?

Se você não acompanha o “SuperStar”, na Globo, deveria. E olha que pra eu gostar de algo é difícil. O fato é que o programa conta com bandas ótimas e talentosas, mas também tem outras que não sabemos a que vieram. Só que o que tem chamado a atenção, e não é pela sua bela voz, é a jurada do programa Daniela Mercury.

Dany parece aquela sua amiga efusiva que faz um escândalo por nada e te empolga por nada, sabe? Assim como a sem sal da Fernanda Lima parece aquela sua amiga que vai no restaurante por quilo, o prato dá menos de R$ 10 e te faz ficar super constrangida. E eu diria ainda que a Sandy é aquela pessoa que você não sabe se é amiga ou não, tem uma carinha doce mas o capeta também é anjo. Paulo Ricardo nem comento, foi meu crush no passado (estou entregando a idade) então já cumpriu seu papel no mundo.

Apesar de o programa ser muito bom, e deixando meu refinado senso crítico musical de lado, não estou aqui para falar nem das bandas e nem dos outros coadjuvantes, hoje a diva lista 7 fatos que comprovam que Daniela Mercury é a grande atração de ”Superstar”. A cada programa ela deve dar um ataque cardíaco ou nos fãs das bandas, ou na produção, adoro! Afinal, se não for pra causar eu nem vou.

A Diva Depressão é uma personagem fictícia, criada em julho 2012 por Filipe Oliveira, Eduardo Camargo e Márcia Corrêa, que vai do humor trash ao requintado e umas pitadelas de cultura e informação. Em 2015 e 2016, participou como convidada especial da cobertura do ‘BBB’ no UOL.
daniela-mercury---diva-depressao---dancinhas-1464993631874_615x300
Em plena estreia, Daniela já chamou a atenção. A cantora substituiu o cantor Thiaguinho na atração e parece que foi às pressas mesmo. Ela deu um “não” para uma banda que queria dar “sim” e essa confusão fez com que os pontos da banda não fossem suficientes para eles passarem. Ou seja, já estragou a brincadeira antes de começar.
É normal a gente se empolgar com uma música, mas Dany mais do que se empolga, ela encarna a própria pomba gira, tipo a gente na balada mas a diferença é que ela está sóbria e ganhando pra isso. A jurada se empolga tanto que às vezes tenho a impressão que o câmera esquece da banda e só foca nela.

Tem muita pimenta nesse acarajé! Num dos programa, Daniela e Paulo Ricardo protagonizaram um barraco em meio a atração. Na verdade, Paulo Ricardo deu um fatality em Daniela e ela não se calou, após não passar uma banda e não saber justificar o motivo, Paulinho deu a entender que a cantora não entendia de rock, Daniela rebateu que cantou rock a vida toda. Onde eu tava que eu perdi essa vida toda que ela cantou rock? Mistério.

Algumas posturas de Dany podem e realmente vem soando como desrespeito, ela além de fazer caras e bocas, também já chegou a deitar na cadeira, só faltou mesmo tapar os ouvidos, mas quem sabe na próxima
Daniela tem o dom de em todos os programas fazer comentários que a banda não entende muito bem (imagine nós). Às vezes parece uma crítica, outras um elogio comedido. O fato é que Dany é bastante espontânea, até mesmo já pediu para regravar a música de uma das bandas que tocou lá, e tudo isso ao vivo é claro.

Roberto Filho – Brazil News.