Celebração encerra passagem da Chama Olímpica por Maceió

2905-Tocha-Olimpica-Maceio-PF_0396-1024x683
Após percorrer 11 bairros de Maceió, chama olímpica chega ao Jaraguá. Foto: Pei Fon/ Secom Maceió

Foram 110 condutores, 22km ao longo de 11 bairros. O revezamento da Tocha Olímpica em Maceió aconteceu em clima de festa e chegou ao fim na Praça da Celebração, montada no Estacionamento do Jaraguá.

O prefeito Rui Palmeira acompanhou parte da festa no Jaraguá e destacou o apoio que a Prefeitura deu à organização do evento como um todo, promovido pelo Comitê Olímpico Rio 2016. Para ele, a cidade pôde sentir o gostinho de como serão os jogos olímpicos sediados no Brasil.

“O momento de muita festa foi marcado pela nossa gastronomia, cultura e folguedos. Percorrendo os bairros, a passagem culminou com a chegada da chama no Jaraguá. Que essa chama que representa a paz traga bons fluidos na passagem por Alagoas e que a gente possa ter paz e união, sobretudo neste momento difícil que o País vive”, disse Rui.

O revezamento da tocha olímpica chegou à Maceió. O símbolo das Olimpíadas percorreu as principais avenidas da capital alagoana. Foto: Pei Fon/ Secom Maceió
O revezamento da tocha olímpica chegou à Maceió. O símbolo das Olimpíadas percorreu as principais avenidas da capital alagoana. Foto: Pei Fon/ Secom Maceió

Outros órgãos do executivo municipal atuaram de maneira integrada. A exemplo da Secretaria Municipal de Segurança Comunitária e Cidadania (Semsc) com 120 guardas municipais reforçando a segurança. A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT), contou com 190 agentes, além de 36 viaturas do órgão nos pontos de interdição. Equipes da Superintendência Municipal de Controle do Convívio Urbano (SMCCU) atuaram na área do Estacionamento do Jaraguá.

Equipes da SMTT e da Guarda Municipal, atuaram no evento. Foto: Pei Fon/ Secom Maceió
Equipes da SMTT e da Guarda Municipal, atuaram no evento. Foto: Pei Fon/ Secom Maceió

O Jaraguá, assim como a Praça Multieventos, também foi palco de uma efervescente noite cultural. “Nossa cidade abrigou o símbolo do esporte mundial que foi recebido com aquilo que é característico nosso: nossa cultura popular, nossos folguedos e danças, nossa gastronomia e com a vibração do nosso povo que é tão acolhedor. Foi uma grande esta. Na Praça da Celebração, um corredor de folguedos saudou a chegada da chama olímpica”, sintetizou Vinícius Palmeira, presidente da Fmac.

O revezamento da tocha olímpica chegou à Maceió. O símbolo das Olimpíadas percorreu as principais avenidades da capital alagoana. Foto: Pei Fon/ Secom Maceió
O revezamento da tocha olímpica chegou à Maceió. O símbolo das Olimpíadas percorreu as principais avenidades da capital alagoana. Foto: Pei Fon/ Secom Maceió

Revezamento

A chuva não deu trégua, mas o espírito olímpico foi mais forte e a chama foi passada adiante até completar o trajeto. Por onde passava, o símbolo era saudado pelas multidões que foram às ruas ver o cortejo. Em 16 pontos, folguedos e grupos culturais também animavam a passagem.

População foi às ruas acompanhar o percurso do revezamento da chama olímpica. Foto: Pei Fon/ Secom Maceió. Foto: Pei Fon/ Secom Maceió
População foi às ruas acompanhar o percurso do revezamento da chama olímpica. Foto: Pei Fon/ Secom Maceió. Foto: Pei Fon/ Secom Maceió

Por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), alunos da Rede Municipal de Ensino de diversas escolas estiveram presentes em alguns pontos agitando bandeiras de Maceió e vivenciando o momento com entusiasmo.

Atrações culturais como o grupo de Baianas animaram o trajeto em palcos montados ao longo do percurso. Foto: Pei Fon/ Secom Maceió
Atrações culturais como o grupo de Baianas animaram o trajeto em palcos montados ao longo do percurso. Foto: Pei Fon/ Secom Maceió

Jair Galvão, secretário municipal de Promoção do Turismo, sintetizou: “O Brasil sentiu bem o ganho de comunicação, de imagem e de projeção internacional que megaeventos assim promovem. Foi o que aconteceu com a Copa do Mundo, mas dessa vez, ao contrário da Copa, Maceió teve um pedacinho das Olimpíadas. Tudo isso projeta nossa cidade com todo o seu potencial turístico, belezas naturais e culturais para o Brasil e para o mundo”.

Fernanda Calheiros – Secom Maceió