Cade aprova compra da dona da Schin pela Heineken

Cade aprova compra da dona da Schin pela Heineken

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) decidiu pela aprovação, sem restrições, da aquisição da Brasil Kirin pela Heineken.

A decisão foi publicada no despacho SG 566/2017, assinado eletronicamente pelo superintendente-geral Eduardo Frade Rodrigues.

Segundo o G1, a holandesa Heineken anunciou em fevereiro a aquisição da Brasil Kirin por 664 milhões de euros, o que elevará sua participação no Brasil de 9% para 17,4%, de acordo com dados da Nielsen. O negócio eleva a Heineken da terceira para a segundo colocação em participação de mercado, atrás apenas da Anheuser-Busch InBev (AB InBev).

A Heineken atua no Brasil com as marcas Heineken, Sol, Bavaria, Kaiser e Amstel. A Brasil Kirin opera nos mercados de cerveja e bebidas não alcoólicas no Brasil com marcas como Schin, Devassa, Baden Baden, Cintra e Glacial.

08/05/2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *