América do Sul terá até 7 países a partir da Copa de 2026

América do Sul terá até 7 países a partir da Copa de 2026

A partir de 2026, a Copa do Mundo contará com 48 seleções. Com isso, cada continente ganhará mais lugares na competição, em comparação ao modelo atual, no qual 32 países participam do evento. Nesta terça-feira, ficou definido que a Conmebol, que comanda o futebol na América do Sul, ganhará duas vagas.

Até o momento, o continente conta com quatro vagas diretas para a Copa, com o quinto colocado disputando uma repescagem em busca de um lugar. Para 2026, serão seis países entrando diretamente, com o sétimo tendo nova chance, atesta o Terra.

A informação foi confirmada pela própria entidade, em redes sociais, e deve ser oficializada em reunião da Fifa na próxima quinta-feira. O presidente da Conmebol, Alejandro Domínguez, comemorou em seus perfis virtuais.

“O futebol sul-americano conseguiu receber um reconhecimento maior no cenário mundial. A partir de 2026, serão 6,5 vagas para a Conmebol”, escreveu, no Twitter , o mandatário.

A Copa de 2026, ainda sem local definido, será a primeira da história com 48 times. O aumento foi defendido, desde o início, por Gianni Infantino, que assumiu a presidência da Fifa, em 2016, conseguindo emplacar sua ideia.

09/05/2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *