Após chamar Ludmilla de “macaca”, Marcão diz que foi vítima da cantora

Marcão do Povo voltou a comentar no “SuperPop”, da RedeTV!, na última segunda-feira (22), sobre a polêmica evolvendo Ludmilla, a quem chamou de “pobre macaca”, em 2017. O apresentador justificou suas palavras e afirmou que o fato de o vídeo ter vazado se tratou de uma armação da cantora.

“Foi uma expressão que eu usei chamada pé de macaco, que está na música do Gino & Geno, do Eduardo Costa. Pé de macaco é uma pessoa que desdenha do próximo. No episódio que citei isso daí, ela se passou por Cátia para não tirar foto, não sai de casa, fica trancada no quarto. Aí eu falei que ela era pé de macaco como eu”, disse, segundo o Terra.

Sem papas na língua, o âncora contou que foi muito prejudicado pela divulgação do material: “Dezesseis dias depois, soltaram isso daí. Eu tinha o convite de uma emissora, para vir fazer um programa em rede nacional. Isso foi montado. Estava crescendo, foi montado, porque não colocaram o teor certo. Editaram para me prejudicar. Eu já estava quase recebendo as passagens para fazer esse programa, aí soltaram isso na internet e eu fiquei chocado, por que eu não fiz nada”.

E ainda afirmou que a funkeira deveria procurá-lo. “O que eu devo falar, e o que ela deveria pedir, era desculpa para mim. Pedir desculpa! Se você olhar no código penal, no Google, se você consultar qualquer coisa, você vai notar que eu não cometi nada. Nem injúria, nem calúnia. Nada! O maior problema disso é que as algumas pessoas se aproveitam da cor da sua pele para tirar proveito das pessoas. Comigo não! Comigo é mais embaixo”, declarou.

23/04/2019